Google Translator

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Direitos autorais no Youtube

Quem nunca fez uma apresentação de slides muito bacana ou uma edição de vídeo caseira com aquelas fotos dos amigos ou da família, colocou aquela música que está super na moda e na hora de fazer o upload para o Youtube recebe a informação que o seu conteúdo tem elementos que infringem o direito autoral? O resultado pode ser que seu trabalho não seja mostrado na web ou que o som seja suprimido.

Pois é, é o direito autoral. Talvez você não saiba, mas alguns materiais protegidos podem ser postados livremente no Youtube, mesmo que você não tenha pedido qualquer permissão ao detentor do direito autoral que você esteja usando. Já há algum tempo o Youtube criou uma ferramenta para ter essa situação solucionada de maneira rápida, fácil e sem maiores problemas para qualquer das partes envolvidas. Tanto o desenvolvedor de um novo trabalho que usa o material protegido de terceiros quanto o detentor dos direitos da obra podem sair ganhando. E a ferramenta se chama ID DE CONTEÚDO. Funciona da seguinte forma: assim que o conteúdo é postado, o Youtube fará as devidas análises e reconhecerá o, ou os, materiais constantes em sua porcentagem e funções na obra (pode ser um grupo de imagens, ou uma parte de vídeo inserido na obra, toda ou uma parte da trilha sonora, por exemplo) e com esses dados, automaticamente comparará com sua base de dados onde vários detentores de obras protegidas já determinaram o que será feito caso algum material seu seja encontrado. E na área de ID DE CONTEÚDO os detentores dos direitos têm algumas opções, neste caso:

- Liberar o material para o uso e com isso render lucro ao detentor dos direitos. O detentor dos devidos direitos, dentro das devidas proporções, será pago caso o material venha a se tornar um verdadeiro sucesso da web - como acontece com os virais que em menos de uma semana já têm milhões de exibições. Todos sabem que virais rendem um bom dinheiro às pessoas que as postam. Se não for um sucesso e tiver milhões de exibições, não haverá o que pagar. Não é assim quando uma obra não faz sucesso?

- O material pode ser simplesmente bloqueado e não será exibido;

- Ou poderá ser usado livremente, através da licença de uso da Creative Commons.



Mas o que é necessário para que isso se torne uma realidade? 

Basta que qualquer pessoa criadora de material ou detentor de material, faça o cadastro de sua obra na área específica do Youtube. Como citamos anteriormente, ID DE CONTEÚDO. Lá, este criador ou detentor de obra protegida pode escolher quais as medidas a serem tomadas caso um material igual à sua obra venha a ser postado. Muito simples, não?


Espertinhos estão por todos os lados e o Youtube sabe disso!

Como todo mundo sabe, há espertinhos por todos os lados e quando um deles se depara com uma barreira, logo tenta descobrir uma saída. Veja o que é comum acontecer:

Ao se deparar com o impedimento do uso da obra pelo sistema do Youtube, algumas pessoas invertem a imagem (no caso de vídeo ou foto) para que o sistema não a reconheça. Mas o os especialistas do Youtube previram esse caso e também reconhecem imagens com essa ou outras modificações. E acredite, tem gente que tenta de tudo! E o Youtube também teste de tudo!

Como você pode notar, proteger seu trabalho é simples e rápido. E você nem precisa ser uma grande empresa do entretenimento. É só registrar e o Youtube faz o resto! Sabe aquele vídeo superbacana que você fez na sua casa, com a sua própria música e postou na web, virou um viral e logo outro espertalhão baixou para o computador e repostou como se fosse dele? Todos os rendimentos provenientes do material clonado serão automaticamente dados a você, autor. E pronto! Sem neuras.

Ainda bem que o Youtube já tomou esse importante e inteligente iniciativa. Dessa forma teremos muitos outros conteúdos postados na web e todos poderão usufruir de seus direitos nas devidas proporções sem prejuízo a ninguém. E viva a liberdade para criar, mixar e redistribuir.

O que sabemos por hora sobre o direito autoral é que, com certeza hoje, o Youtube está fazendo isso certo!

Mas muita coisa ainda pode e precisa mudar.

Caso queira conhecer mais sobre o assunto, clique aqui.


O Vídeo abaixo descreve exatamente sobre o que o texto fala. PARABÉNS AO YOUTUBE!



Você pode se interessar também por essa postagem:

Liberdade para criar, mixar, distribuir e produzir para o mundo

0 comentários:

Postar um comentário

Compartilhe

Share |
 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | free samples without surveys
Zeitgeist I - The movie Zeitgeist II - Addendum Zeitgeist III - Moving Forward Creative Commons